Facebook paga US$ 20 por mês a usuários para espionar seu celular.

O aplicativo em questão, o Facebook Research, dava acesso total às ações e informações do celular do usuário.


Empresa pedia que pessoas entre 13 e 35 anos instalassem aplicativo capaz de reter todas as informações e ações do celular, incluído mensagens.

O aplicativo em questão, o Facebook Research, dava acesso total às ações e informações do celular do usuário. A empresa pareceu não revelar seu envolvimento para os usuários que foram pagos. Chamado de “Estudo de pesquisa de mídia social paga”, os usuários foram recrutados em serviços de testes independentes e recompensados com cartões de presente eletrônico.

 

Outro ponto que chama muito atenção, é o fato de que o Facebook praticamente reutilizar os mesmos códigos e estrutura do Onavo, aplicativo de VPN ( Virtual Private Network) que foi banido da loja de aplicativos da Apple em agosto de 2018. Em 2017, reportagem feita pelo Wall Street Journal mostrou que o Onavo foi essencial para a empresa de Zuckerberg espiar o Snapchat, antes de lançar ferramentas efêmeras como Instagram Stories e WhatsApp Status. 




Autor: Monitor


© Copyright 2019 Monitor. Todos os direitos reservados.